terça-feira, 28 de julho de 2015

Pelos Caminhos do Oriente Islâmico...



Pelos Caminhos do Oriente Islâmico...
O mundo islâmico cruzou fronteiras e contactou com culturas muito distintas entre si. A coleção Gulbenkian reúne várias obras que revelam esta diversidade: tapetes de seda e lã ricamente decorados, cerâmicas com representações geométricas, desenhos de plantas e animais, vidros coloridos, livros com ilustrações preciosas.

Pelos caminhos cruzaram-se hábitos da vida nómada com a vida palaciana das grandes cidades. Sobre esta diversidade construiu-se uma cultura cuja identidade visual associou os seus valores espirituais aos princípios fundadores da sua arte, tais como natureza, geometria, harmonia e unidade.

Esta atividade, levada a cabo pelo Programa Gulbenkian Educação para a Cultura e Ciência - Descobrir, tem início no dia 31 de agosto, de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 13h00 e das 14h30 às 17h30.

BIBLIOBUS

Bibliobus - Casa dos Livros Fora de Portas
O projeto Bibliobus – Biblioteca Itinerante tem como missão a descentralização cultural ao divulgar o livro e promover a leitura, contribuindo para a formação integral e o bem-estar da comunidade e para o reforço do direito de todos ao acesso à Cultura.

De 13 de julho a 28 de agosto, durante 35 dias, o Bibliobus - Casa dos Livros Fora de Portas, veículo preparado conforme as exigências de uma verdadeira Biblioteca e dotado de recursos humanos e técnicos da Biblioteca Municipal D. Miguel da Silva, percorre as 25 freguesias do Município de Viseu, com a colaboração das respetivas Juntas de Freguesia, disponibilizando livros, filmes, revistas e jornais e proporcionando a leitura animada de histórias, através da “hora do conto” e outras atividades.


TEATRO DE PAPEL



Teatro de Papel - Caixa das Histórias Ensarilhadas
O Teatro e Marionetas de Mandrágora, companhia profissional de teatro cujo elemento artístico fundamental é a marioneta, apresenta um conjunto de espetáculos e oficinas para estas férias de verão.

O ateliê “Teatro de Papel – Caixa das Histórias Ensarilhadas” surge como ponto de partida para a apresentação do Teatro de Papel, que surgiu no séc. XVIII e serviu desde sempre como elemento de jogo teatral, de modo a permitir a narrativa de histórias através das suas figuras recortadas.

Neste ateliê, a partir de histórias, cada participante constrói o seu teatro e as personagens, dando espaço à improvisação e à teatralização das mesmas.

Sessões dias 27, 28 e 29 de julho na EB N.º1 de Santa Maria da Feira, a partir dos 4 anos.

ESCOLA DE VERÃO 2015

Escola de Verão 2015
A Escola de Verão da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa é uma iniciativa que se insere no projeto geral de abertura da Universidade à sociedade, visando contribuir para a qualificação de alto nível dos cidadãos, nas áreas das Ciências Sociais e Humanas.

Na edição da Escola de Verão 2015 da FCSH/NOVA é oferecido um conjunto variado de cursos propostos por professores e investigadores da FCSH. As diferentes temáticas abordadas procuram ir ao encontro das expetativas do público a que se destinam, podendo integrar quer um projeto de formação contínua, quer um suplemento educacional.

Por estarem programados de forma dinâmica e aberta, os cursos da Escola de Verão da FCSH/NOVA destinam-se tanto a um público universitário, como a um público mais geral que pretenda, apenas, alargar os seus horizontes ou satisfazer o desejo de exercitar as suas capacidades intelectuais.

Os cursos da Escola de Verão 2015 da FCSH/NOVA procuram ainda constituir-se como um ponto de encontro universitário entre Portugal, os países de Língua portuguesa, a Europa e o resto do mundo.


segunda-feira, 27 de julho de 2015

Galeria Académica

Galeria Académica

Já conhece a Galeria Académica do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra? A guitarra que pertenceu a Artur Paredes, pai de Carlos Paredes, faz parte do Núcleo da Canção de Coimbra daquela galeria.

Os escritores Ruben A. e Miguel Torga viveram ambos em Repúblicas. Qual deles terá vivido na República Estrela do Norte?

O primeiro núcleo museológico dedicado à vida académica na Universidade de Coimbra foi criado em 1951. Hoje em dia encontra-se no Colégio de S. Jerónimo, integrando testemunhos históricos ligados à vida académica, à Universidade e à cidade de Coimbra, entre os quais se destaca o Núcleo da Canção de Coimbra com instrumentos, discos, gravações, partituras, o Núcleo dos Troféus Desportivos da Associação Académica de Coimbra e o Núcleo Camoniano, entre outros.

Nos dias 29 de julho e 26 de agosto, sempre às 16h30m, descubra ou revisite este espaço especial.

Dia Aberto na Jazida Arqueológica Paleolítica de Vale Boi

Dia Aberto na Jazida Arqueológica Paleolítica de Vale Boi

No dia 25 de julho, entre as 10h00 e as 16h00, o Centro Interdisciplinar de Arqueologia e Evolução do Comportamento Humano (ICArEHB) da Universidade do Algarve vai organizar mais um Dia Aberto na Jazida Arqueológica Paleolítica de Vale Boi.

O sítio arqueológico, localizado perto da EN125, entre Lagos e Vila do Bispo, estará aberto ao público, oferecendo, assim, a oportunidade de ver em pormenor o trabalho de escavação arqueológica, observar e manusear os artefactos exumados com mais de 30 mil anos e colocar, na primeira pessoa, todas as perguntas aos arqueólogos e alunos que se encontram a trabalhar no local.

O sítio arqueológico foi descoberto em 1998 como resultado dos trabalhos de prospeção nos vales fluviais da Costa Vicentina. Os trabalhos arqueológicos tiveram início no ano de 2000 e têm-se pautado pela intervenção em três áreas distintas da jazida, que revelaram uma longa sequência cronológica, iniciada há mais de 30 mil anos com os mais antigos elementos da nossa espécie em Portugal.

Para além de inúmeros artefactos de caça e de atividades diárias, foram também exumados milhares de ossos de animais caçados, incluindo veado, auroque, cavalo, javali e coelho que terão servido para a alimentação desses caçadores-recoletores, bem como leão, lobo, raposa e lince, provavelmente caçados devido às suas peles. O marisqueiro fazia também parte da vida diária dessas primeiras comunidades humanas no Algarve. De realçar ainda, no sítio arqueológico de Vale Boi, a presença de elementos de arte móvel, característica do período paleolítico na Península Ibérica.

sexta-feira, 24 de julho de 2015

AE MAXIMINOS: organização do Fórum “Cooperar, Refletir, Partilhar” no AE Maximinos

Fórum “Cooperar, Refletir, Partilhar” no AE Maximinos
Na sequência da realização, em parceria com a Universidade Católica, da oficina de formação “Desenvolvimento profissional e organizacional: dinâmicas de implicação, conhecimento e melhoria” e da implementação do Plano Plurianal de Melhoria, o AE Maximinos vai desenvolver durante o ano letivo 2015/16 o Fórum “Cooperar, Refletir, Partilhar” com os objetivos de:
            - iniciar um processo estruturado de supervisão pedagógica numa perspetiva de observação interpares, assentes no pressuposto da adesão voluntária dos participantes;
- mobilizar os docentes para a transformação e melhoria das práticas letivas;
- incrementar a cooperação, a reflexão e a partilha em torno da prática letiva.
A 1ª sessão realiza-se no dia 4 de setembro e será subordinada à temática geral “Práticas letivas e observação interpares”.

Esta sessão conta com a participação do Doutor Joaquim Machado, perito externo, e da Profª Doutora Maria do Céu Roldão, que fará uma intervenção centrada na problemática “Melhorar é possível - docência, liderança e supervisão”. Seguidamente, serão apresentados de forma pouco formalizada os projetos de supervisão pedagógica concebidos na oficina de formação referida, servindo de ponto de partida para a reflexão e debate entre os participantes. 


Observatório das Comunidades Ciganas

O Observatório das Comunidades Ciganas (ObCig) é uma unidade informal integrada no Alto Comissariado para as Migrações (ACM, I.P.).
Pretendemos contribuir para a concretização de algumas das medidas previstas na Estratégia Nacional para a Integração das Comunidades Ciganas, para o reconhecimento social das pessoas, famílias e/ou comunidades ciganas e, consequentemente, para a desconstrução de mitos, representações e estereótipos desqualificantes.
Colaboraremos com centros de investigação, disponibilizaremos estudos e promoveremos debates, encontros e outras iniciativas.

Link:



RETENÇÃO EM DEBATE















Através do link:

Poderá assistir a um interessante debate sobre RETENÇÃO!

Este programa sobre a retenção, conduzido pela jornalista Eduardo Maio contou com um competente painel com nomes bem conhecidos do meio escolar, como o Doutor José Matias Alves da Universidade Católica Portuguesa e o Dr. Eduardo Lemos o Presidente do Conselho das Escolas.

REFLEXÃO: “Quando a escola deixar de ser uma fábrica de alunos”

A escola de massas, onde um professor ensina ao mesmo tempo e no mesmo lugar dezenas de alunos, nasceu com a revolução industrial mas chegou ao século XXI. Em dois séculos, mudaram os estudantes, mudou a sociedade e mudou o mercado de trabalho. Quando mudará a escola?

Catarina Martins

Através do link

O SUCESSO: relatos...!



“A diversidade, é a característica mais evidente que qualquer sala de aula tem … ”

“Deve-se introduzir no trabalho educativo a resposta diferenciada… ”

“Não devemos pensar em insucesso quando iniciamos um percurso… ”

“Uma das questões chave na educação
é a existência de uma diferenciação nos trajetos… ”

“Temos de ser mais eficientes na construção da imagem do futuro… ”

“O insucesso tem sempre um lado de futurologia… ”

“Resposta diferenciada em função das diferenças e diversidades dos alunos… ”

Poderá contextualizar estas expressões no vídeo:

Um interessante depoimento sobre o papel do professor no combate ao insucesso!







quinta-feira, 23 de julho de 2015

Ciência Viva no Laboratório: Ocupação Científica de Jovens nas Férias 2015

Ciência Viva no Laboratório: Ocupação Científica de Jovens nas Férias 2015

O programa Ciência Viva no Laboratório – Ocupação Científica de Jovens nas Férias (OCJF) proporciona aos estudantes do ensino secundário uma oportunidade de aproximação à realidade da investigação científica e tecnológica.

Esta iniciativa, gratuita, está aberta à participação de alunos que durante o presente ano lectivo frequentaram os 10.º, 11.º e 12.º anos e decorre até ao dia 28 de agosto. Os participantes terão a oportunidade de realizar estágios nas mais diversas áreas científicas em centros de investigação de todo o País.

Fundação Calouste Gulbenkian: Novos Talentos em Matemática


Fundação Calouste Gulbenkian: Novos Talentos em Matemática

O Programa "Novos Talentos em Matemática" distingue, anualmente, estudantes universitários que evidenciem um elevado mérito académico e incentiva o desenvolvimento da sua cultura e aptidões matemáticas, apoiando o seu trabalho junto de reconhecidos especialistas, que exercem o papel de tutores.

Este programa destina-se aos estudantes que frequentem, numa universidade portuguesa, um dos três primeiros anos de um curso (licenciatura ou mestrado integrado) com uma forte componente em Matemática. Os participantes serão selecionados através de concurso.

As candidaturas decorrem até ao dia 25 de setembro de 2015 e requerem o preenchimento e submissão de um formulário online, acompanhado dos documentos referidos no respetivo regulamento de bolsas.


quarta-feira, 22 de julho de 2015

Pavilhão do Conhecimento: "Loucamente: uma exposição sobre o bem-estar da mente"

Pavilhão do Conhecimento: "Loucamente: uma exposição sobre o bem-estar da mente"

Esta é a nova exposição temporária do Pavilhão do Conhecimento, produzida em consórcio por três centros de ciência – Pavilhão do Conhecimento (Lisboa), Heureka (Helsínquia) e Universcience (Paris) – e aberta ao público até 30 de setembro 2015.

Trata-se da primeira exposição interactiva de um centro de ciência dedicada ao bem-estar da mente e pretende dar início a uma discussão pública sobre a saúde mental e o seu impacto pessoal e social.

Esta é uma exposição positiva sobre um tema complexo, que quer substituir o preconceito pelo conhecimento, o estigma pela compreensão e incentivar os visitantes a cuidar do seu bem-estar mental.

Tailândia: Candidaturas aos Programas de Intercâmbio de Estudantes

Tailândia: Candidaturas aos Programas de Intercâmbio de Estudantes

A Comissão de Ensino Superior, do Ministério da Educação da Tailândia, anuncia a abertura de candidaturas aos programas de intercâmbio de estudantes (2016 DUO-Thailand Fellowship Programme). Este programa destina-se exclusivamente ao intercâmbio de estudantes de instituições de ensino superior daquele país e da União Europeia.

O prazo para submissão de candidaturas é até ao dia 28 de agosto de 2015.

Passatempo "As minhas férias de verão"

Passatempo "As minhas férias de verão"

O presente passatempo de verão visa premiar o participante que enviar a decoração mais original da toalha de praia da Alliance Française de Lisboa.

Dentro do tema "As minhas férias de verão", a toalha pode ser decorada através de fotografias, desenhos, colagens, pinturas... é só usar a imaginação e criar a mais original!

Depois só tem que enviar a sua participação até dia 31 de agosto para passatempo.lisboa@alliancefr.pt.

O passatempo é aberto a todas as pessoas e os três autores da toalha mais original serão premiados pelos seus trabalhos.

Prémio Pulido Valente Ciência

Prémio Pulido Valente Ciência

Na sequência do Protocolo firmado entre a Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., e a Fundação Professor Francisco Pulido Valente, encontra-se aberto concurso para atribuição do Prémio Pulido Valente 2015.

Atribuído anualmente, o Prémio Pulido Valente Ciência visa distinguir o melhor artigo publicado numa área das Ciências Biomédicas, que descreva os resultados da investigação realizada por um(a) investigador(a) com menos de 35 anos à data de apresentação da candidatura, numa instituição de investigação e desenvolvimento nacional.

A edição de 2015 do Prémio pretende laurear o melhor artigo publicado na temática Imunidade Inata e Adquirida que descreva os resultados da investigação realizada, sem restrição do ano de publicação.

O concurso decorre até às 17h de 30 de setembro de 2015.

sexta-feira, 17 de julho de 2015

AE MONTE DA OLA

VISITAS DE AMBIENTAÇÃO DO 4º ANO

Nos dias 18 e 20 de maio, os alunos do 4º ano do Agrupamento de Escolas de Monte da Ola realizaram visitas de ambientação (conforme a área geográfica) às Escolas Básicas: Carteado Mena e Foz do Neiva e à Escola Básica e Secundária de Monte da Ola.
Na visita, realizada nos dias das provas finais de português ou matemática, os alunos tiveram a oportunidade de almoçar na cantina da escolas respetiva, visitar cada estabelecimento de ensino, conhecer a sua dinâmica (acompanhados e orientados pelos respetivos coordenadores) e contactar, de uma forma especial, com a biblioteca da escola que visitaram. Aí, visualizaram um filme, conheceram o seu interior, a sua organização e apreenderam a importância que aquele espaço ocupa no interior de uma escola. Em toda a visita, os alunos estiveram acompanhados pelos respetivos professores titulares e alguns auxiliares de ação educativa e foram acarinhados por toda a comunidade escolar que os recebeu.
No final, regressaram satisfeitos e com um conhecimento acrescido das escolas que os aguardam em setembro de 2015!

AGRADECEMOS A TODOS OS PROFESSORES DO 1º CICLO E AUXILIARES QUE OS ACOMPANHARAM NESTA VISITA, AOS COORDENADORES DE ESTABELECIMENTO, ÀS PROFESSORAS BIBLIOTECÁRIAS E AUXILIARES PELA COLABORAÇÃO EM TODA ESTA ATIVIDADE!






AE do Pinheiro

Aluna do 3.º ano ganha prémio "Uma Aventura"
O concurso Uma Aventura… Literária é realizado anualmente com o objetivo de promover a leitura, divulgando a coleção Uma Aventura e as restantes obras das autoras Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada junto das escolas. Este concurso revela-se, também, uma excelente oportunidade para dar largas à imaginação e ao talento dos alunos.
Assim, foi com orgulho que a Escola Básica de Portela recebeu a informação de que à aluna Inês Carolina da Silva Cunha, do 3.º ano de escolaridade, da professora Alice Maia, foi atribuído o Prémio Especial do Júri na modalidade de Desenho.  O trabalho realizado pela aluna foi distinguido entre 10278 trabalhos individuais e de grupo.
Citando a mensagem da organização: "Felicitamo-vos pela qualidade do vosso trabalho que encantou o júri".
Para além de um cheque-livro, a aluna verá a publicação do seu trabalho num dos livros da coleção Uma Aventura.
Parabéns, Inês! 

AE Monte da Ola - captação para o pré-escolar

No dia 2 de junho, a mediadora educativa Selma Rego realizou uma sessão de captação para o pré-escolar, no Jardim de Infância de Vila Nova de Anha.
A sessão teve como destinatários as crianças do acampamento de Vila Nova de Anha que não frequentam o jardim de infância.
Estiveram presentes encarregados de educação de 6 crianças em condições de frequentar o pré-escolar (três crianças com 3 anos; duas com 4 anos e uma com 5 anos). Após a visita ao jardim, puderam experimentar os brinquedos, disfrutaram do momento no recreio e lancharam com os outros meninos. Os pais assumiram o compromisso de matriculá-los ainda esta semana.
Nesta sessão esteve presente a técnica do RSI de Darque (Drª Ana Abrantes) e a Educadora Manuela Cameira do Jardim de Anha, a quem agradecemos a colaboração e atendimento prestado.
Para além dos alunos para o pré-escolar, esteve também presente uma criança que irá para o 1ºano em setembro. Assim, aproveitamos também para visitar a EB1 e dar-lhe a conhecer a escola, os colegas e os professores.


De pequenas conquistas se faz a educação!






100 números - AE Monte da Ola

No dia 11 de maio os alunos do 2º ciclo, maioritariamente os do 5º ano, integrados no projecto TEIP, ação “100 números” das três escolas do Agrupamento (Escola Básica Carteado Mena, Escola Básica da Foz do Neiva e Escola Básica e Secundária de Monte da Ola), tiveram a grande oportunidade de se encontrarem e, em conjunto, se dirigirem à Universidade de Aveiro a fim de participarem na atividade final das Competições Nacionais de Ciência, mais propriamente conhecidas por PmatE.
Ao longo deste ano letivo, os alunos efetuaram alguns treinos, via online, orientados pelos seus professores, de forma a se familiarizarem com os conteúdos de todo o segundo ciclo, abrangentes das três áreas disciplinares: matemática, português e ciências naturais e assim alcançarem uma boa prestação na final a nível Nacional.
Foi um sucesso, já que muitos deles conseguiram obter uma excelente classificação no curto espaço de tempo que lhes foi cedido.
Depois desta competição na Universidade de Aveiro, este grupo de alunos, juntamente com alguns dos seus professores, nomeadamente, os professores Raquel Coutinho, Alexandra Loureiro, Jorge Lima e Fernanda Lima, encaminharam-se para o centro da cidade onde puderam deliciar-se com alguns dos seus encantos naturais, culturais, arquitetónicos e gastronómicos.

Foi um dia especial para todos, tendo-se notado um excelente relacionamento entre os alunos das três escolas, verificando-se também belos momentos de convívio e de partilha de hábitos e saberes.




AE SANTO ANTÓNIO

Newletter MARCAR A DIFERENÇA, um exemplo de boas práticas.

Pode aceder à publicação através do link:

https://drive.google.com/file/d/0B9PQokqc22GpTlJmNlhlazhSR28/view?usp=sharing



AE de Fajões

Revista Comtextos de Junho, um exemplo de boas práticas.

Pode aceder à publicação através do link:

https://drive.google.com/file/d/0B9PQokqc22GpbmNHSk4yZHFObkU/view?usp=sharing




Férias no Chimico: 4 Dias, 4 Temas

Férias no Chimico: 4 Dias, 4 Temas

Durante as férias de verão, as exposições do Museu da Ciência podem ser descobertas ou… redescobertas! Em cada um dos quatro dias de atividades (de 21 a 24 de julho e de 8 a 11 de Setembro), poderão ser explorados pormenores de cada uma das quatro exposições do museu:

  • Dia 1: Visões. O Interior do Olho Humano;
  • Dia 2: Evocar a Sede para Nomear a Água – As Palavras da Água no Universo Touareg;
  • Dia 3: Natureza Exótica;
  • Dia 4: Segredos da Luz e da Matéria.

Medalhas de Honra para as Mulheres na Ciência

Medalhas de Honra para as Mulheres na Ciência

Na sequência do Protocolo celebrado entre a Fundação para a Ciência e a Tecnologia, a L’Oréal Portugal e a Comissão Nacional da UNESCO em novembro de 2003, é aberto concurso para atribuição de três Medalhas de Honra L’Oréal Portugal para as Mulheres na Ciência.

As Medalhas de Honra L’Oréal Portugal para as Mulheres na Ciência destinam-se à realização de estudos avançados de investigação científica, a nível de pós-doutoramento, em universidades ou outras instituições portuguesas de reconhecido mérito, no domínio das Ciências da Saúde e das Ciências do Ambiente.

Podem candidatar-se todas as doutoradas que tenham obtido o grau de doutoramento há menos de 5 anos até à data de abertura do concurso e que não tenham completado, até essa mesma data, mais de 35 anos de idade.

As candidaturas, contendo propostas originais de investigação científica, devem ser apresentadas até 15 de setembro de 2015.


Programa de Estímulo à Investigação

Programa de Estímulo à Investigação

Com o objetivo de estimular nos mais novos a criatividade e a qualidade na atividade de investigação científica, a Fundação Calouste Gulbenkian instituiu o Programa de Estímulo à Investigação.

O Programa distingue anualmente propostas de investigação de elevado potencial criativo em áreas científicas no âmbito das disciplinas básicas: Matemática, Física, Química e Ciências da Terra e do Espaço, apoiando a sua execução em centros de investigação portugueses.

Em 2015 são consideradas as seguintes áreas:

I. Matemática
     – Álgebra e Lógica Matemática

II. Física
      – Luz: ótica, optoeletrónica e fotónica

III. Ciências da terra e do Espaço
      – Relatividade Geral
      – Solo: um recurso a preservar

IV. Química
      – Química e Luz

Este Programa destina-se a jovens envolvidos em trabalhos de investigação em instituições de investigação portuguesas, cuja idade seja inferior a 26 anos em 31 de Dezembro do ano do respetivo concurso. Os concorrentes devem ter como habilitação mínima o grau de licenciado e não poderão ter obtido ainda o grau de doutor. Os participantes no Programa serão selecionados através de concurso, cuja candidatura pode ser efetuada até 18 de setembro.

Encontro Nacional de Professores de Português e Francês

Encontro Nacional de Professores de Português e Francês

Nos próximos dias 22, 23 e 24 de julho de 2015, o Centro de Formação Braga/Sul, em parceria com o Agrupamento de Escolas de Real e o Agrupamento de Escolas Carlos Amarante, vai levar a cabo o “Encontro Nacional de Professores de Português e Francês. Ligações dialógicas para a sala de aula do futuro”, a ter lugar na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, em Braga, e em muitos outros espaços desta cidade.

As intervenções dos diferentes oradores abarcam contextos linguísticos, pedagógicos e culturais, tendo como objetivo a partilha de saberes e a atualização de conhecimentos, por forma a tornar as aulas mais atrativas e dinâmicas.

Trata-se de um Encontro, na modalidade de Curso de Formação, que releva para efeitos de avaliação do desempenho docente e para progressão na carreira dos professores dos grupos de recrutamento 210, 300 e 320, acreditado pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua, com 25 horas de formação, correspondentes a 1 crédito. As inscrições estão abertas até 20 de julho de 2015.


segunda-feira, 13 de julho de 2015

Fora da caixa! Oficina de pensamento criativo e artes plásticas e performativas

Fora da caixa!
Oficina de pensamento criativo e artes plásticas e performativas

Durante as férias de verão, o Programa Gulbenkian Educação para a Cultura e Ciência – Descobrir dinamiza uma oficina de pensamento criativo e artes plásticas e performativas, a ter lugar de 31 de agosto a 4 de Setembro, e a pensar nos jovens dos 12 aos 15 anos.

Pode-se ser criativo de muitas maneiras e esta é uma oficina de desbloqueio criativo. Tudo aquilo que se quiser dizer vai encontrar a sua forma. Durante uma semana vai-se aprender a começar sem estar preocupado em terminar, vai-se desenhar, escrevinhar, interpretar, fotografar, pintar e representar.

As exposições Tensão e Liberdade e X de Charrua serão a inspiração e o lugar onde todas as perguntas são possíveis, até porque uma pergunta é sempre um ótimo começo para uma criação!

Oficina de Formação: A Educação Financeira nas Escolas

Oficina de Formação: A Educação Financeira nas Escolas
A Direção-Geral da Educação promove, conjuntamente com outras entidades, a oficina de formação A Educação Financeira nas Escolas – Referencial de Educação Financeira para a Educação Pré-Escolar, o Ensino Básico, o Ensino Secundário e a Educação e Formação de Adultos, destinada a docentes de todos os grupos de recrutamento.

Este projeto iniciou-se na região Norte, tendo continuado nas regiões Centro e de Lisboa e Vale do Tejo. Durante o primeiro e início do segundo períodos do ano letivo de 2015/16, será a vez da realização da ação de formação na Região do Alentejo.

A página eletrónica da DGE disponibiliza a informação relativa ao programa/calendarização da(s) turma(s) a decorrer na cidade de Évora, com o endereço para a plataforma de candidatura a esta formação. As inscrições estão abertas até ao dia 14 de setembro.


E se tudo o que se sabe sobre indisciplina estiver errado?

E se tudo o que se sabe sobre a indisciplina  estiver errado?

-Por Katherine Reynolds Lewis | Julho 2015 Issue

Durante a primavera de 2013, Leigh Robinson estava a almoçar, quando recebeu uma chamada do diretor da sua escola. Will, um aluno do terceiro ano com um histórico de indisciplina em sala de aula, estava descontrolado no parque infantil. Gritou e, tirando o cinto, tentou bater em todos os colegas que o rodeavam. Robinson, que foi assessor de educação, rapidamente se deslocou para o pátio da escola.

Será que era "aquele aluno?!"

Cada escola tem alguns casos assim...
Aquele aluno que está sempre a causar problemas...
Aquele aluno que não consegue ficar quieto no seu lugar...
Aquele aluno que tem acessos de raiva e pode tornar a vida num inferno ao seu professor...
Aquele aluno que os colegas culpam constantemente pelos problemas existentes...
Will sabia que ele era aquele aluno!
Desde o primeiro momento, este aluno, ansioso e defensivo, estava preparado para a confrontação com um colega ou professor.


A expressão "escola-prisão" foi utilizada para descrever escolas públicas americanas que falhavam na educação de crianças como Will. Um aluno do primeiro ano cujo comportamento indisciplinado não é corrigido, pode tornar-se num aluno de 2ºciclo com várias suspensões. Um aluno do 3ºciclo que é medicado pode resultar num caso de abandono escolar, ou até mesmo num adolescente problemático.

Apesar da formação que os professores hoje possuem para serem sensíveis ao "desenvolvimento sócio-emocional" e do empenho das escolas em integrar nas salas de aula os alunos com problemas cognitivos ou de desenvolvimento, é difícil manter na aula um aluno indisciplinado.

Professores e diretores ainda dependem esmagadoramente de sistemas desatualizados de recompensa / punição, usando tudo, desde cartões vermelhos-amarelos-verdes, gráficos de comportamento e prémios para a ausência de suspensões / expulsões.

A forma como lidamos com as crianças mais difíceis permanece enraizada na filosofia de BF Skinner (meados do séc. XX), onde o comportamento humano é determinado por consequências e onde o mau comportamento deve ser punido. (Tal como Pavlov e os cães).

Durante o ano letivo 2011/12, o Departamento de Educação dos Estados Unidos contabilizou 130.000 expulsões e cerca de 7 milhões de suspensões entre 49 milhões de estudantes com idades inferiores a 12 anos. As estimativas mais recentes sugerem também que existem 250 mil casos de castigos corporais por ano nas escolas dos Estados Unidos.

Mas consequências têm consequências...

Estudos psicológicos contemporâneos sugerem que, longe de resolver os problemas de comportamento das crianças, estes métodos disciplinares normais, muitas vezes, agravam-nos. Estes métodos, embora tragam um ganho momentâneo a curto prazo na sala de aula, sacrificam objetivos a longo prazo.

O psicólogo Ed Deci da University of Rochester, descobriu que os professores que visam controlar o comportamento dos alunos, ao invés de ajudar a controlar esse mesmo comportamento, minam os próprios elementos que são essenciais para a motivação: autonomia, respeito e capacidade de se relacionar com os outros. Estes alunos revelam posteriormente maior dificuldade de autocontrolo, uma competência essencial para o sucesso a longo prazo.


Da Universidade de Stanford, a psicóloga do desenvolvimento social Carol Dweck, demonstrou que, mesmo as recompensas por bom comportamento, podem corroer a motivação e o desempenho das crianças, substituindo assim as recompensas intrínsecas à aprendizagem.

Pode aceder ao artigo completo através do link:

What If Everything You Knew About Disciplining Kids Was Wrong?


NAIADE: gerir a indisciplina numa escola TEIP


Registo de impressões de uma experiência em curso!

registar

Indisciplina dos alunos. Primeiro problema, definir.

Em Darque, na EB23, optamos por uma definição pragmática: na definição darquense, em uso, na indisciplina dos alunos cabe tudo o que incomode alguém o suficiente para se queixar aos órgãos que gerem esse assunto na escola.
Os padrões da definição, que nada tem de cientifico mas operativo e, com certeza, gerará muita discussão conceptual, são assim a soma de opiniões pessoais não definidas e não temos aquilo que em tantas escolas se persegue com obsessão para quase tudo: um critério a priori.
Curiosamente no passado era voz comum na escola auto-classificar-se como “com muita indisciplina”. Mas um achavam mais, outros menos, como acontece com os “achismos”.
Está a "achar" o tema interessante?
Pode ler na integra todo o documento através do link:

Uma partilha: Jornadas de Reflexão TEIP

Jornadas de Reflexão TEIP
“As pessoas que vencem neste mundo são as que procuram as circunstâncias de que precisam e, quando não as encontram, as criam”. Bernard Shaw
O Agrupamento de Escolas de Santo António realizou nos dias 7 e 8 de julho, as Jornadas de Reflexão TEIP, subordinadas ao tema “Avaliar para Melhorar - uma visão prospetiva”.
Estas jornadas tiveram como principal objetivo apresentar à comunidade alguns dos projetos implantados e dinamizados neste ano letivo: Fénix,Turma Mais / Contrato de Autonomia; Apps for Good; Supervisão; EPIS; GISP,proporcionando à comunidade espaços para práticas reflexivas (workshops) e divulgação do  Plano de Melhoria e  do Projeto de Monitorização e  de Autoavaliação do Agrupamento.
Além disso, no dia 8 de julho, contámos com a presença de cinco mulheres da AMUCIP que dinamizaram uma tertúlia de sensibilização e esclarecimento sobre a cultura cigana.
Foram dois dias de intensa partilha e reflexão, que servirão, certamente, para que o próximo ano letivo seja ainda” mais eficaz”, porque acreditamos que apesar das dificuldades,houve melhoria nas práticas,cimentou-se a cultura de autoavaliação,houve comunidades de aprendizagem em desenvolvimento.
Provámos,mais uma vez,que somos um Agrupamento que pensa a “ESCOLA”,que reflete e que procura o caminho da melhoria contínua.
 Por todas estas razões, cumprindo com satisfação o nosso dever, agradeço a todos os nossos convidados, parceiros, oradores e participantes que nos honraram com a presença nestes dois dias, em especial: Dr. Vítor Alaíz (perito externo da UCP); Dr. João Baracho, Dra. Matilde Buisel e Dra. Paula Fernandes (CDI Portugal) e o Senhor Delegado Regional de Lisboa e Vale do Tejo, Dr. Francisco Neves. 
Obrigada a todos os tripulantes desta viagem de sucesso!
A Diretora do Agrupamento
Maria Manuela Espadinha


quinta-feira, 9 de julho de 2015

4.ª edição do Concurso Todos Contam

Estão abertas as candidaturas para a 4.ª edição do Concurso Todos Contam. O objetivo desta iniciativa é distinguir os melhores projetos de educação financeira a implementar nas escolas.

A 4.ª edição do concurso dirige-se a projetos a serem implementados no ano letivo 2015/2016, em agrupamentos de escolas, escolas não agrupadas, estabelecimentos do ensino particular e cooperativo e escolas profissionais que ministrem a educação pré-escolar e o ensino básico e secundário.

A avaliação dos projetos a concurso terá em consideração a qualidade pedagógica e científica no desenvolvimento de temáticas do Referencial de Educação Financeira, a criatividade e a relevância, o envolvimento da comunidade escolar, a viabilidade e a exequibilidade e a utilização dos materiais e da informação disponíveis no portal Todos Contam.

As escolas podem submeter a concurso os seus projetos de educação financeira para o ano letivo de 2015/2016 até ao dia 15 de outubro de 2015, através do endereço eletrónico concurso@todoscontam.pt.

EtéFrAnçAis – II Encontro Nacional de Professores de Francês

EtéFrAnçAis – II Encontro Nacional de Professores de Francês

O Centro de formação Braga/Sul, em parceria com o AE de Real e o AE Carlos Amarante, vai promover mais uma edição doEtéFrAnçAis – II Encontro Nacional de Professores de Francês, a realizar nos dias 22, 23 e 24 de julho de 2015, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, em Braga e em muitos outros espaços  da cidade de Braga.

Trata-se de um Encontro acreditado pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua, na modalidade de Curso de Formação (CF), com 25 horas de formação, correspondente a 1 crédito, que releva para efeitos de avaliação do desempenho docente e para progressão na carreira dos professores dos grupos de recrutamento 210, 300 e 320.

Este encontro visa a partilha de saberes e a atualização de conhecimentos, por forma a tornar as aulas mais atrativas e dinâmicas. 
As inscrições encontram-se abertas até ao dia 14 de julho de 2015.

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Clube de Música da Escola Básica de Perafita

Clube de Música da Escola Básica de Perafita:
Um projeto de sucesso!

O Projeto
O Clube de Música da Escola Básica de Perafita foi criado em 2006 a partir de uma proposta da Direção do Agrupamento e da ADEIMA, uma organização sem fins lucrativos, com o objetivo de integrar socialmente os grupos sociais menos favorecidos da população do concelho.  O Clube de Música teve, desde o seu início como uma das suas orientações programáticas a promoção da música em língua portuguesa. Atualmente interpreta – Mariza, Pedro Abrunhosa, GNR, Xutos & Pontapés, Clã, Jimmy P., e também artistas internacionais – Bruno Mars, Jessie J., Etta James, Pharrell Williams, Paul Newman, Ariana Grande, David Brown, entre outros. 
Dinamizador
Rui Fernandes, docente do grupo de recrutamento 250 (Música) do AE Perafita é o dinamizador do Clube de Música da Escola Básica de Perafita. Tem no seu curriculum trabalhos com músicos de renome da música nacional e internacional tais como: Gary Wallys, dos PinkFloyd, Steve Pearce, Douglas Cook entre outros.


Participantes
Ao Clube de Música da Escola Básica de Perafita pertencem cerca de 60 jovens formando 8 bandas, tendo na sua composição bateria, baixo, guitarras, teclados, vozes, sopros (saxofones, trompete e trombone) e cordas.




Monstrinhas de Verão

Monstrinhas de Verão

Durante as manhãs de sábado do mês de julho, a Monstra, Festival de Animação de Lisboa, traz sessões de cinema para pais e filhos.

A par das sessões de curtas, em exibição no Cinema Ideal, a Monstra organiza também várias oficinas de animação para miúdos e graúdos.

Mais informações e inscrições através dos contactos online


III Congresso Internacional de Educação Ambiental


III Congresso Internacional de Educação Ambiental

Realiza-se entre 8 e 11 de julho o III Congresso Internacional de Educação Ambiental dos Países e Comunidades de Língua Portuguesa, que decorrerá na Torreira - Murtosa, organizado em parceria pela Associação Portuguesa de Educação Ambiental, a Fábrica Centro Ciência Viva da Universidade de Aveiro e a Câmara Municipal da Murtosa.

O evento vai girar à volta do tema “Educação Ambiental e Participação Social: travessias e encontros para os bens comuns” e pretende enquadrar-se no processo de fortalecimento das redes e comunidades, no espaço lusófono e Galiza, que atuam no campo da Educação Ambiental.

Com o objetivo de dar resposta a um conjunto de questões, o Congresso propõe 10 eixos temáticos e está organizado em 10 áreas de trabalho: Comunicações Orais; Apresentações em Poster; Minicursos; Mesas Redondas; Oficinas; Visitas de Estudo; Eventos Paralelos; Fórum Projetos; Apresentação de Livros ou Revistas; Animação Cultural.

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Seminário Nacional Fénix 2015

Seminário Nacional Fénix 2015

O Projeto Fénix irá organizar no próximo dia 10 de julho de 2015 um seminário de encerramento do presente ano letivo. Este evento decorrerá em Lisboa, no Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian.
Para além de se contar com a presença do Senhor Secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário, Doutor Fernando Egídio Reis, para realizar a sessão de abertura, estarão presentes, dando preciosos contributos, a Doutora Luísa Tavares Moreira, coordenadora nacional do Projeto, investigadores da Escola Superior de Educação Paula Frassinetti, Daniel Bessa, Diretor-geral da COTEC-Portugal, a Doutora Elena Martín, da Universidad Autonoma de Madrid, o Doutor Joaquim Azevedo, da Universidade Católica Portuguesa, bem como Professores e Diretores da rede Fénix.
A inscrição pode ser efetuada através do preenchimento de um formulário eletrónico em:

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Relatório Eurydice "The European Higher Education Area in 2015: Bologna Process Implementation Report"


Relatório Eurydice "The European Higher Education Area in 2015: Bologna Process Implementation Report"

Este relatório traça um quadro sobre o estado de implementação do Processo de Bolonha em 47 países do Espaço Europeu de Ensino Superior e disponibiliza informação quantitativa e qualitativa sobre os aspetos principais das reformas no ensino superior, as quais têm como objetivo um Espaço Europeu de Ensino Superior funcional e de qualidade.


KIDS EXPERIENCE@ZOO - AS TIC NO JARDIM ZOOLÓGICO

KIDS EXPERIENCE@ZOO - AS TIC NO JARDIM ZOOLÓGICO

O Jardim Zoológico de Lisboa apresenta uma nova proposta, com o apoio da Microsoft Educação, que permite trabalhar as competências em TIC, enquanto estratégia de consolidação de conhecimentos adquiridos através dos vários Programas Educativos.

Cada ciclo escolar tem uma atividade específica, e poderá agendá-las através do Centro Pedagógico do Jardim Zoológico.


FÉNIX MAIS SUCESSO


AE SÃO PEDRO DA COVA

“Porque a Escola prepara para o futuro, faz crescer os sonhos, desenha sorrisos, promove amizades e cria momentos de confraternização, o Agrupamento de Escolas de São Pedro da Cova promoveu no dia 5 de junho, na Cripta da Igreja de São Pedro da Cova, das 19:30 às 21:00, a Festa da Alegria, onde os alunos criaram e recriaram momentos diversificados de música e de dança. Todos os fundos angariados reverteram a favor da aquisição de mobiliário para a Cripta.”

2º ENCONTRO - PROMOÇÃO DO SUCESSO EDUCATIVO ESCOLAR


Mais um Prémio para Mogadouro



Concurso “Prémio Escola na Europa”, promovido pelo Eurodeputado José Manuel Fernandes.  Segundo o Eurodeputado, a educação de excelência que se procura fazer nas escolas ficou bem patente na originalidade e na qualidade dos trabalhos apresentados.  A cerimónia de entrega de prémios teve lugar na vila de Sendim, Miranda do Douro, com a presença do presidente da Câmara local dos alunos e professores premiados.  O eurodeputado elogiou o nível de participação e de qualidade dos trabalhos, deixando já a garantia de repetir a iniciativa com todas as escolas do distrito de Bragança no próximo ano letivo, respondendo positivamente aos desejos manifestados por alunos e professores. Os alunos do 1.º ciclo, do 3.º ano das turmas A e B do Agrupamento de Escolas de Mogadouro, bem como as suas professoras, foram os vencedores do Escalão A (1º Ciclo de Ensino), com a criação de uma história ilustrada “Joana na União Europeia”. O trabalho mostra a Europa do antes, e a Europa de agora no trabalho que exigiu muita dedicação.  O prémio deste escalão contempla um cheque-brinde no valor de 250 euros e um troféu, concebido exclusivamente para este concurso. José Manuel Fernandes, “defensor das raízes tradições”, elogiou a originalidade e a qualidade dos conteúdos e da mensagem transmitida neste trabalho, que valoriza a identidade local, enaltece os valores culturais e prestigia a história e a tradição das terras do Nordeste Transmontano. “O lema da Europa é a unidade na diversidade e temos aqui um excelente exemplo de como a diversidade nos torna fortes e únicos, aqui temos valores únicos, impossíveis de repetir”, disse José Manuel Fernandes, elogiando, de forma geral a qualidade e a originalidade dos trabalhos apresentados.




AE DE MOGADOURO GANHA PRÉMIO


Iniciativa INOVA 2015 – “SALADINHAS – MICROVERDES”


Foi no dia 5 de junho, nas instalações do Seminário Torre d´Aguilha, em São Domingos de Rana, Oeiras, que tudo aconteceu!... Os formandos do Curso de Educação e Formação – Operador Agrícola, do Agrupamento de Escolas de Mogadouro, foram reconhecidos com o projeto VENCEDOR na final nacional no prémio INOVA 2015 Negócio - As Saladinhas. O projeto contempla produtos vegetais de elevado valor nutricional onde se fez a simulação do planeamento e implementação de uma microempresa agrícola, com preocupações ambientais, sustentáveis e com viabilidade económica. Proporcionou-se a aquisição de conhecimentos ao nível do empreendedorismo e técnicas de produção aos jovens do Curso de Educação e Formação – Operador Agrícola, que pretende instalar-se futuramente como jovens agricultores. As Saladinhas, dedica-se à produção e comercialização de microervas aromáticas (manjericão, salsa, coentros, cerefólio, manjerona e hortelã) e microssaladas, constituídas por microverdes de hortícolas e leguminosas (girassol, alface, rúcula, agriãobrócolo, ervilhas e beterraba), sob os princípios da produção biológica, com a potencialidade de apresentar no mercado, durante todo o ano, um produto fresco e saudável. Implementada desde 5 de janeiro de 2015, tendo como clientes toda a comunidade escolar. O projeto, foi uma iniciativa dos formandos do curso infra, porém, foi apresentado e defendido pelos formandos: Joel Filipe Vaz e Nuno Filipe Jacinto com a colaboração da coordenadora do mesmo, a Formadora Carla Lousão. O projeto foi considerado um sucesso.