terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Jornada “Robótica Educativa: da prática escolar às competições de robótica”


Terá lugar no dia 23 de janeiro, em Guimarães, a jornada "Robótica Educativa: da prática escolar às competições de robótica".

Trata-se de uma iniciativa do Departamento de Electrónica Industrial da Universidade do Minho, em articulação com o Agrupamento de Escolas Francisco de Holanda e o Centro de Formação Francisco de Holanda, que se destina a professores de todos os grupos de recrutamento. O programa do evento poderá ser consultado online.

9º ENCONTRO NACIONAL DE CROMATOGRAFIA


 O 9.º Encontro Nacional de Cromatografia (9ENC) irá ser organizado pelo Grupo de Cromatografia da Sociedade Portuguesa de Química, desta vez em parceria com o XVI COLACRO (XVI Congresso Latino-Americano de Cromatografia), e terá lugar entre 5 e 9 de janeiro de 2016, no campus da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL).

O programa incluirá lições plenárias, comunicações orais e apresentações de posters, sendo a linha condutora os fundamentos, desenvolvimento e aplicações das técnicas cromatográficas e afins em áreas com importância reconhecida, nomeadamente, ambiente, alimentar, forense, farmacêutica, aromas e fragrâncias, petroquímica entre muitas outras.

O simpósio será precedido de um conjunto de cursos básicos proferidos por cientistas especialistas, oferecendo ainda a exibição das últimas novidades em equipamento e acessórios. 


PRÉMIOS DO ENSINO SECUNDÁRIO


 A Academia das Ciências de Lisboa (ACL) promove a oitava edição dos Prémios Alexandre Herculano (História), Pedro Nunes (Matemática) e Pe. António Vieira (Português) destinado a distinguir os melhores alunos do ensino secundário do ano letivo 2014-2015.

As candidaturas aos Prémios decorrem até ao dia 31 de dezembro de 2015. Aos trabalhos vencedores será atribuído um prémio no valor de €2.500. 


quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Férias com Ciência


Será que os Reis Magos seguiram mesmo uma estrela? Como será uma árvore de Natal sustentável cuja energia provem de ímanes? Será que os cometas se podem comer? E o que têm em comum os origamis e os satélites da NASA?

Nas Férias com Ciência do Pavilhão do Conhecimento, as crianças entre os 6 e os 12 anos vão andar à velocidade da luz e descobrir a ciência do Natal, de 21 a 23 e de 28 a 30 de dezembro.

Com luzes, baterias e interruptores vão costurar meias de Natal eletrónicas, embrulhar presentes com materiais reutilizados e criar uma árvore sonora com alarme que avisa que vem aí o Pai Natal!

E porque Natal sem doces não tem a mesma graça, a Cozinha é um Laboratório onde se poderá descobrir a doce ciência.

Nas novas exposições Viral e Espinafres & Desporto os pequenos cientistas serão convidados a contagiar toda a gente com uma boa dose de energia e a descobrir como bate o seu coração perante umas férias tão eletrizantes como as do Pavilhão do Conhecimento.

EDUCAÇÃO COMPARADA PARA ALÉM DOS NÚMEROS


A Secção de Educação Comparada da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação (SPCE-SEC), com o apoio do World Council for Comparative Education Societies (WCCES) e da Sociedade Ibero-Americana de Educação Comparada (SIBEC), organiza a Conferência "A Educação Comparada para além dos números: contextos locais, realidades nacionais e processos transnacionais", em Lisboa, de 25 a 27 de janeiro de 2016, no Centro Cultural de Belém e na Universidade Lusófona.

FESTIVAL DE TEATRO DE ESCOLAS


Irá ter lugar nos dias 8, 9 e 10 de abril de 2016 a 1.ª edição do FESTES, Festival de Teatro de Escolas, uma iniciativa do Grupo de Teatro Máscaras da Escola Secundária de Paços de Ferreira.

O FESTES tem como objetivo reunir e tornar visível o trabalho de grupos de teatro escolares, que desenvolvam atividades extracurriculares relacionadas com o teatro e com outras artes performativas que se cruzem e combinem com o teatro, nomeadamente a dança, o canto e a música.

A fase de pré-inscrições no FESTES decorre até 18 de dezembro de 2015 e a fase de confirmação de inscrições de 1 de janeiro a 5 de fevereiro de 2016.

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Concurso - Conta-nos uma história


O Ministério da Educação e Ciência (MEC), através da Direção-Geral da Educação (DGE), do Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e do Plano Nacional de Leitura (PNL), em parceria com a Microsoft, lança a 7.ª Edição do concurso "Conta-nos uma história!".
 
Esta iniciativa, à semelhança das edições anteriores, consiste na conceção e no desenvolvimento de recursos digitais áudio e vídeo que decorram da produção colaborativa ou do reconto de histórias já existentes (por exemplo, contos, fábulas, parábolas, mitos ou lendas).
  
Podem concorrer a este concurso todos os alunos e docentes de todos os estabelecimentos de Educação Pré-escolar e o do 1.º Ciclo do Ensino Básico, públicos e privados.
 
A candidatura é feita online, até ao dia 15 de janeiro de 2016, através do preenchimento de um formulário de inscrição.
 
A entrega dos trabalhos decorrerá de 16 de janeiro a 31 de março de 2016

Conectando Mundos


Conectando Mundos é uma proposta educativa na qual participam estudantes, dos 6 aos 17 anos de idade, de escolas de vários países do mundo. Todos os anos é trabalhada uma temática ligada à Educação para a Cidadania Global com propostas didáticas apropriadas às diferentes idades. O trabalho é desenvolvido através de uma plataforma digital, que propicia o desenvolvimento de um trabalho colaborativo entre alunos/as.
 
A edição de 2015/2016 oferece propostas para analisar e refletir sobre a construção cultural do género e como esta pode ser, em algumas ocasiões, motivo de desigualdade entre as pessoas.
 
A responsabilidade da proposta é da Intermón Oxfam (Espanha) e conta, desde 2006, com a colaboração do CIDAC (Centro de Intervenção para o Desenvolvimento Amílcar Cabral), da Oxfam Itália e da Inizjamed (Malta).
 
As inscrições decorrem até 4 de janeiro de 2016.

Formação inicial de Professores


Encontra-se disponível para consulta a publicação “Formação Inicial de Professores” que reúne os textos das comunicações apresentadas no seminário sobre formação inicial de professores, realizado em abril de 2015, por iniciativa do Conselho Nacional de Educação e da Universidade do Algarve.
 
O seminário procurou traçar o panorama da formação inicial de professores em Portugal, tendo como referência alguns estudos recentes, de modo a identificar constrangimentos, a perspetivar alternativas que permitam assegurar a eficácia da formação e a garantir que o sistema seleciona e acolhe os melhores professores.
 

Celebração do Dia Internacional dos Direitos Humano

No dia 10 de dezembro decorreu, junto ao edifício da Junta de Freguesia de São Pedro da Cova, uma ação simbólica sobre o Direito à Paz de todos os povos. Os alunos do 1.º ciclo do Agrupamento de Escolas de São Pedro da Cova, deixaram uma mensagem na árvore de Natal."

Poderá visualizar a reportagem sobre esta ação através do link:


https://www.facebook.com/video.php?v=463681870481095



Natal Químico no Agrupamento de Escolas de São Pedro da Cova

Os alunos do 7.º ano, 8.º ano e do Clube de Ciências Experimentais do Agrupamento de Escolas de São Pedro da Cova, sob a orientação da professora Ana Pedroso, colocaram à prova a sua criatividade, aplicaram conhecimentos e construíram um NATAL QUÍMICO constituído por Árvore de Natal, Pai Natal e Presépio.

A construção do Natal Químico envolveu a identificação, seleção e manuseamento de material de laboratório, a preparação de soluções aquosas e misturas heterogéneas, e a construção de modelos atómicos, moleculares e rede cristalina de sais.


A realização deste projeto permitiu aos alunos participarem numa atividade inovadora relativa à Física e à Química (duas áreas estruturantes do conhecimento nas Ciências Experimentais), aprofundarem conhecimentos, desenvolverem competências do tipo processual, conceptual, social, atitudinal e axiológico, pois esta atividade pode ser inserida no plano curricular da disciplina de Ciências Físico-Químicas."
Pode aceder às imagens deste evento através do link:




Geração iPad

As novas gerações ganham prematuramente contacto com os chamados «touch screens», mas não conseguem segurar num lápis. Podem não saber andar ou falar, mas os aparelhos que funcionam através do toque não constituem um segredo ou um bicho-de-sete-cabeças. Parece magia, mas eles dominam os smartphones e companhia com a mesma perícia dos adultos e até inveja para as gerações mais velhas. 



















No entanto, ganham-se umas batalhas e perdem-se outras. Uma especialista em literacia chegou à conclusão de que a «geração iPad» não consegue executar tarefas básicas relacionadas com a motricidade fina, como sejam o pegar num lápis ou numa caneta para escrever.


Sue Palmer, citada pelo «Daily Mail», não concorda com a revisão dos objetivos para o pré-escolar e para o básico - as crianças devem saber reconhecer a tecnologia, argumentando que as «crianças até aos sete anos devem ter vidas reais, num espaço real e num tempo real, ou seja, precisam de ter experiência tridimensionais».

A «intoxicação» com nova tecnologia, que faz com que alguns infantários invistam em iPads para bebés, faz com que haja crianças hoje em dia com dificuldades em aprender a ler e a escrever.

A investigadora explica que as crianças não conseguem focar-se em algo que leva mais tempo a aprender, em comparação com a gratificação quase instantânea que o sistema informático lhes oferece. 
Pode aceder a todo o desenvolvimento desta notícia através do link:


Formar professores em Inquiry e Avaliação – Projeto SAILS

O Webinar DGE dinamizado pela EPIPSE dedicado ao tema  Formar professores em Inquiry e Avaliação – Projeto SAILS”  com a Doutora Cecília Galvão do Instituto da Educação da Universidade de Lisboa encontra-se disponível através do link:















Resumo:

O projeto europeu SAILS (Strategies for Assessment of Inquiry Learning in Science), financiado pela UE, é um consórcio de 12 países e tem por objetivos: produzir materiais para professores incorporando estratégias de inquiry e de avaliação; trabalhar com os professores de modo a identificar e implementar a avaliação de competências chave; desenvolver programas de formação em IBSE e avaliação, suportando a partilha de experiências e de práticas; desenvolver e sustentar uma comunidade de prática. Ao longo de 4 anos (2012 a 2015) foram desenvolvidos e testados 49 módulos, dos quais se selecionaram 19 que constituem as SAILS UNITS, podendo a mesma unidade ser testada em vários países (dando lugar a case studies). Em Portugal os módulos foram produzidos no âmbito dos programas de formação, estabelecendo-se assim uma rede de professores que trabalharam em estreita ligação aos membros do projeto. Os professores apresentaram o seu trabalho num congresso em Dublin, em 2014 (SMEC). Todo o trabalho desenvolvido, em todos os países do consórcio, constará do website do projeto que se pretende um legado para a posteridade.

Equipas multidisciplinares no 1.º ciclo

O Webinar DGE dinamizado pela EPIPSE, dedicado ao tema  “Equipas multidisciplinares no 1.º ciclo”, um projeto de um agrupamento TEIP com a Doutora Carla Cibele da Escola Superior da Educação de Setúbal encontra-se disponível através do link:

















Resumo:


As equipas multidisciplinares não constituem por si só um objetivo, elas são apenas um modo de organizar os recursos humanos e a gestão do trabalho docente em torno de uma melhor organização da sala de aula no 3.º e 4.º anos do 1.º Ciclo do Ensino Básico. Correspondem à constituição de uma equipa de 2/3 professores de turma com partilha regular da definição do trabalho a desenvolver e consequente avaliação, mantendo um professor como titular; redefinição dos tempos escolares na turma e dos instrumentos de regulação da aprendizagem; investimento em estratégias de diferenciação pedagógica; implementação de apoios em horário extra escolar para os alunos com mais necessidades, mediante contratualização com os encarregados de educação; investimento em recursos para a aprendizagem nas diversas áreas curriculares e partilha dos mesmos.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Mais um desafio...


Plataforma Digital “Cantar Mais”



“Cantar Mais – Mundos com voz” é um projeto da Associação Portuguesa de Educação Musical (APEM) que assenta na disponibilização de um repertório diversificado de canções (tradicionais portuguesas, de música antiga, de países de língua oficial portuguesa, de autor, do mundo, fado, cante e teatro musical/ciclo de canções), com arranjos e orquestrações originais apoiadas por recursos pedagógicos multimédia e tutoriais de formação.


Estas canções e recursos, acessíveis nesta plataforma digital de livre acesso, possibilitam o incremento, através da canção e do cantar, de práticas artístico-musicais nas escolas e nas comunidades. Deste modo, trata-se de um contributo para o desenvolvimento da cultura e aprendizagem musical das crianças e dos jovens, bem como uma ferramenta de trabalho e de formação de educadores, professores e outros agentes educativos.

V Edição do Prémio Nacional de Poesia António Ramos Rosa



O Prémio Nacional de Poesia António Ramos Rosa procura promover o aparecimento de novos poetas, mas também reconhecer o labor dos já consagrados.

Este ano, o Município de Faro promove mais uma edição do Prémio, no valor de cinco mil euros, que conta com o patrocínio de diversas entidades.


A data limite para a entrega dos trabalhos ficou definida para dia 31 de dezembro de 2015.

Biotech Kids


 O Biotech Kids é um projeto Ciência Viva para o ensino das ciências nos 3.º e  4.º anos de escolaridade, nas áreas do Ambiente e da Saúde.
  
Com este projeto, que conta com o apoio internacional da AMGEN Foundation e King Baudoiun Foundation United States, os alunos irão beneficiar de visitas de cientistas à escola, de atividades experimentais, de concursos de ideias, de visitas de estudo, de recursos de apoio e do festival Biotech Kids no Pavilhão do Conhecimento. Os professores terão, também, o apoio da comunidade científica, formação gratuita e colaboração em rede. 


As inscrições estão abertas até ao dia 30 de dezembro de 2015, pelo que os interessados deverão consultar as condições de participação.

Agrupamento de Escolas de Paredes- Estratégia Internacional para a Redução de Catástrofes

No passado dia 6 de novembro correspondendo aos objetivos da Estratégia Internacional para a Redução de Catástrofes, das Nações Unidas, às comemorações dos 260 anos do sismo de 1755 que ocorreu em Portugal, o Agrupamento de Escolas de Paredes associou-se à Autoridade Nacional de Proteção Civil e à Direção-Geral da Educação, em colaboração com a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares e promoveu o exercício público A TERRA TREME, como forma de alertar e sensibilizar a população para agir antes, durante e depois da ocorrência de um sismo.

Os alunos do 4º ano, da turma CEM4A da Escola Básica de Mouriz coordenados pelo professor titular de Turma, Norberto Valério elaboraram um video ilustrativo dos procedimentos a tomar em caso de sismo.

Consultar o link abaixo indicado.




Escrita Solidária

Mais uma vez o Agrupamento de Escolas de Santo António respondeu ao desafio de participar no projeto da AJUDARIS, com um dos grandes objetivos subjacentes: ser solidárioÉ com esta missiva que o Agrupamento se propõe ano após ano escrever textos para que sejam compilados num livro repleto de muito amor e carinho.
Este ano tiveram uma agradável surpresa: um texto selecionado para estar presente num dos livros editados. 
Quando a Ajudaris pede histórias a meninos e meninas de todo o país, está a abrir a porta à mais maravilhosa ferramenta que o ser humano dispõe: a imaginação. 
Juntar a isso o coração e o espírito de solidariedade e cidadania, transforma este livro num projeto cheio de magia que todos temos de partilhar. As crianças que criam os textos, os artistas que os ilustram, quem mais tarde adquire o livro e o leva para casa – ajudando a ajudar e partilhando com tantos estes pequenos gestos destes tão grandes corações.

Como diz o poeta “o sonho comanda a vida” e este projeto tem feito muito sentido na prática pedagógica do Agrupamento... fortalece hábitos de leitura e escrita, aproxima a escola da família, desperta a solidariedade e fomenta a interação entre gerações.

No passado dia 4 de dezembro decorreu uma cerimónia na sede do agrupamento,  onde estiveram presentes os autores das histórias editadas neste ano

Foi muito importante sentir o envolvimento dos alunos e das famílias neste momento e, sobretudo, foi muito gratificante sentir que esta causa faz todo o sentido e é um mote e incentivo para o Agrupamento continuar a contribuir para causas solidárias, promovendo simultaneamente o prazer da leitura e da escrita.


sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

ONcontrol - Concurso de Desenvolvimento de Sistemas Microcontrolados


O Concurso ONcontrol, promovido pela Escola Superior de Tecnologia de Setúbal, pretende incentivar os jovens do ensino secundário a desenvolver sistemas de controlo baseados na tecnologia Arduino. 
O Arduino é uma plataforma eletrónica open-source de prototipagem baseada em hardware e software flexíveis e fáceis de usar. A utilização dos seus diversos módulos permite a programação do sistema para executar as mais variadas funções. 
Os participantes devem frequentar o Ensino Secundário (10º, 11º e 12º anos), a nível regional, independentemente da natureza do seu estabelecimento de ensino (público ou privado). À data de candidatura, os participantes devem ter idades compreendidas entre os 14 e os 25 anos.
As inscrições decorrem até ao dia 15 de dezembro. 

HAJA LUZ


A conferência “Haja Luz: Diálogos à volta da Luz”, a ter lugar no Auditório 2, da Fundação Calouste Gulbenkian, no dia 15 de dezembro de 2015, às 09h00, visa discutir a luz, as suas aplicações e o seu impacto na cultura humana e na sociedade moderna em particular, sublinhando o papel da ciência e da tecnologia como bases sólidas para o desenvolvimento social e humano.
Este evento organizado em conjunto pela Sociedade Portuguesa de Física e pela Fundação Calouste Gulbenkian assinala as comemorações do Ano Internacional da Luz e das Tecnologias baseadas na Luz em Portugal. 
A inscrição é gratuita mas obrigatória, até dia 12 de dezembro.  

PROJETO aQEDUTO

O Conselho Nacional de Educação e a Fundação Francisco Manuel dos Santos irão promover o Projeto aQeduto: Avaliação, qualidade e equidade em educação. A primeira iniciativa e apresentação do projeto irá decorrer no dia 14 de dezembro de 2015, no auditório do Conselho Nacional de Educação, das 18:00 às 19:30. Com o objetivo de chegar ao grande público através de uma linguagem acessível, o Projeto aQeduto visa explicar a variação dos resultados dos alunos portugueses nos testes PISA (2000 e 2012), tendo em conta três eixos fundamentais: os alunos, as escolas e o país. 
O primeiro fórum será dedicado a uma análise da evolução dos resultados PISA e da evolução de outros indicadores de desenvolvimento do país, tais como a economia e o índice de desenvolvimento humano. 
A participação está sujeita a inscrição. 

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Programas de Apoio ao Associativismo Jovem 2016

As candidaturas anuais aos Programas de Apoio ao Associativismo Jovem para o ano de 2016, decorrem até ao dia 31 de dezembro de 2015, nas modalidades anual e pontual: Programa de Apoio Juvenil (PAJ), Programa de Apoio Infraestrutural (PAI) e Programa de Apoio Estudantil (PAE). 

A submissão das candidaturas deverá ser efetuada online no Portal da Juventude, conforme instruções e indicações disponíveis no Portal. 

Filme Seleção Natural

O Exploratório do Centro Ciência Viva de Coimbra estreou novo filme no Hemispherium, “Seleção Natural”, com exibição a 360°.
“Seleção Natural" conta a história da viagem do cientista Charles Darwin às ilhas Galápagos, onde se inspirou para desenvolver a teoria sobre a origem das espécies. Com recurso a maravilhosos exemplos presentes na natureza, o cientista explica os mecanismos da seleção natural.

As sessões para grupos decorrem de terça a sexta-feira, sob marcação prévia.

Exposição e Conferências Magna Carta: Significados

No périplo do seu oitavo centenário, a Torre do Tombo acolhe a Magna Carta da Catedral de Hereford (1217) e a única cópia existente do Decreto do Rei João (1215). 
A exposição “Magna Carta: Significados” está patente ao público de 07 a 12 de dezembro de 2015, das 09h30 às 19H30, no Arquivo Nacional da Torre do Tombo (Lisboa, Alameda da Universidade). 
Neste âmbito, terão ainda lugar conferências nos dias 09, 10 e 11 de dezembro de 2015.

A entrada é livre.

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

App PREMIADA


Marcar a diferença Newsletter do Agrupamento de Escolas de Santo António Novembro 2015


Já se encontra disponível a Newsletter do Agrupamento de Escolas de Santo António Novembro 2015.

Pode aceder através do link:
https://drive.google.com/open?id=0B9PQokqc22GpOVczbjVBRTVDbGc




Prémio de bolseiro do projeto Bolsas Sociais EPIS

O aluno Gerson Soares, do 10º ano do Curso de Línguas e Humanidades, do Agrupamento de Escolas de Santo António,recebeu o prémio de   bolseiro do projeto Bolsas Sociais EPIS – Escolas de Futuro 2015, no dia 25 de novembro, no Museu da Água de Lisboa. 

Este aluno pertence ao projeto da escola sede, denominado embaixadores da disciplina,  alunos do ensino básico e/ou secundário, preferencialmente sem problemas de disciplina e ou assiduidade, cumpridores das regras de convivência em meio escolar, bons comunicadores, com capacidade de envolver os pares em processos de mudança, alunos assertivos e perspicazes na intervenção direta , capazes de prevenir eventuais situações problema entre os pares.


O seu projeto visa,sobretudo, a prevenção do abandono escolar precoce no ensino secundário. Parabéns pelo seu empenho!


Oficina de Cerâmica de Natal

O Natal aproxima-se e o MNAz propõe um momento em família, decorando presentes em cerâmica que poderão ser usados no Natal. Trata-se de uma atividade a realizar em família, com crianças a partir dos 3 anos. Esta oficina terá  lugar no dia 28 de novembro, das 10h30 às 12h30, mas as inscrições deverão ser feitas até às 16h do dia 26.


Ritmar

Dirigido aos alunos dos 3º e 4º anos do 1º ciclo, o “RITMAR…” tem como objetivo principal explorar as histórias através da rima e dos diferentes ritmos, assim como estimular a criatividade.
 
Esta atividade da Biblioteca Municipal de Vila Franca de Xira consiste na leitura de pequenos contos do livro com o título “O Rap do Mar e outros contos de rimar” da autoria de Lurdes Breda. Cada conto será lido com um ritmo diferente. Depois das histórias será lançado o desafio às crianças que quiserem experimentar contar as histórias, ou parte delas, com o ritmo por elas sugerido. Culmina com a realização de uma atividade lúdica em que predomina a rima.
 

Quinzenalmente, às 5.ª feiras, pelas 10h00.

CanSat Portugal 2016

Estão abertas, até ao dia 4 de dezembro, as inscrições para o programa CanSat Portugal 2016 que desafia alunos do ensino secundário de todo o país a projetar e construir um modelo funcional de um micro-satélite (CanSat) cujos sistemas base (antena, bateria e sensores) terão de estar integrados num volume equivalente ao de uma lata de refrigerante.
 

O CanSat Portugal é um projeto educativo do ESERO (European Space Education Resource Office) Portugal, organizado no nosso país pelo Centro AeroEspaço do Aeroclube de Torres Vedras e pela Ciência Viva, em colaboração com a Agência Espacial Europeia.

Matemática Viva - Exposição

Está patente na Escola Secundária de Pedro Nunes, entre 27 de novembro e 17 de dezembro, de segunda-feira a sexta-feira, das 10h30 às 16h30, a Exposição Matemática Viva.
A iniciativa pretende gerar uma nova abordagem à Matemática, ao apresentar, de um modo sensorial, aquela que é considerada a mais abstrata de todas as ciências, tornando-a acessível a todos os grupos etários, a partir dos 8 anos de idade.
Fazer puzzles, construir pontes, seguir corridas de esferas, criar bolas de sabão são algumas das atividades que os visitantes de todas as idades são convidados a realizar, ocupando-se com questões matemáticas, quase sem se aperceberem. Todas as experiências apostam na abordagem à Matemática como um jogo, estimulando a reflexão e motivando os alunos para o estudo desta disciplina, nos domínios das Funções Reais de Variável Real (assíntotas ao gráfico de uma função e funções exponenciais), da Geometria (isometrias), das Sucessões e das Probabilidades.
A exposição Matemática Viva apresenta uma seleção de experiências, no âmbito das quais os visitantes são convidados a participar ativamente, oriundas do Museu da Matemática - Mathematikum, situado em Gießen, na Alemanha.
Para as escolas poderem visitar a exposição gratuitamente, necessitam apenas de efetuar uma inscrição prévia.


Prémio de Escola – Edição 2015/2016

No ano letivo 2011/2012, o Ministério da Educação e Ciência instituiu o Prémio de Escola, com o objetivo de reconhecer a excelência dos estabelecimentos de ensino e dos envolvidos no processo educativo, do pré-escolar ao secundário, e das escolas públicas e privadas.
Trata-se de um prémio que tem a particularidade de valorizar o projeto educativo das escolas, permitindo-lhes darem a conhecer o seu trabalho e divulgarem as suas boas práticas.
Este Prémio tem uma atribuição anual e permite distinguir uma escola em cada uma das cinco áreas geográficas do mapa educativo. 

De acordo com o Regulamento do Prémio, as candidaturas para a edição de 2015/2016 deverão ser submetidas, impreterivelmente, até ao dia 17 de dezembro de 2015.

Concurso de Ideias para o Ensino Secundário

Encontra-se a decorrer a 5.ª edição do concurso de ideias para o Ensino Secundário, promovido pelo Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), que desafia todos os alunos do ensino secundário e profissional de Portugal a sonhar, inovar e arriscar.
Subordinado ao tema “Felicidade e Bem-Estar”, a edição de 2016 convida cada jovem interessado a despertar o empreendedor que há em si, libertando as suas ideias para fazer os outros mais felizes.

A inscrição e o envio dos documentos requeridos devem ser feitos até ao dia 15 de dezembro de 2015.